Mais previsões! #2 - Melhor Diretor

imagem de Ghuyer
Enviado por Ghuyer em qui, 09/29/2011 - 20:29

Obs: eu havia escrito um texto mais completo sobre o assunto, mas na hora de salvar, o carregamento da página deu erro, e perdi tudo - anotação mental para sempre escrever no Word antes de salvar o texto no site.

Os indicados a Melhor Diretor representam, em tese, os filmes que em outros tempos seriam os cinco indicados a Melhor Filme. Só não se pode dizer isso com certeza porque mesmo quando o Oscar indicava cinco filmes à categoria máxima, nem sempre os cinco diretores indicados condiziam exatamente com os cinco filmes. Geralmente um filme era indicado a Melhor Diretor sem receber indicação a Melhor Filme. Por isso, os diretores que receberem a indicação nesse ano, que pode ter de 5 a 10 indicados a Melhor Filme, não necessariamente representarão aqueles cinco filmes favoritos ao grande prêmio da noite.
 
Sendo assim, partindo dos filmes listados no post anterior, indicarei os diretores que mais possivelmente terão seus nomes lidos no anúncio dos indicados em janeiro, e o porquê dessas escolhas.

Alexander Payne, por The Descendants - O filme é o grande favorito, e tem George Clooney como protagonista, um ponto bastante positivo. Sendo assim, mesmo sem considerar seu nome de peso, Alexander Payne, que, como lembrou o Giordano no último post, não faz nada desde Sideways: Entre Umas e Outras, de 2004, provavelmente será indicado.

Bennett Miller, por Moneyball - O cara brotou do nada para dirigir Capote e ser indicado pelo mesmo em 2005, some por seis anos, e volta com um filme que, ao lado de The Descendants, desponta como grande favorito. Qual o segredo dele?
 
Clint Eastwood, por J. Edgar - Eastwood já ganhou quatro estatuetas (duas como direitor e duas como produtor), é queridinho da Academia, e sabe contar uma história como poucos. Basta ter uma história decente em mãos. E a biografia do primeiro diretor do FBI roteirizada pelo oscarizado Dustin Lance Black parece se aplicar na categoria.
 
David Cronenberg, por A Dangerous Method - O nome de David Cronenberg é peso negativo quando se trata de Oscar. Mas ele nunca teve tanta chance quanto agora. Desde 2005, vem fazendo filmes mais sóbrios e tematicamente agradáveis à Academia, então a história da gênese da psicanálise pode finalmente garantir a Cronenberg uma mais do que merecida (e há muito esperada) indicação.
 
George Clooney, por Tudo Pelo Poder - Clooney é mais do que amado pela Academia, e seu filme, bem como Boa Noite e Boa Sorte, tem aspirações políticas relevantes, o que é (quase) sempre um ponto positivo.
 
Michel Hazanavicius, por The Artist - O cinema francês é bastante adorado pela Academia. A França é o país que mais teve filmes indicados a Melhor Filme em Língua Não-Inglesa (aka "Filme Extrangeiro"), com 36 indicações, e empata com a Itália em número de vitórias: 12. Basta somar a isso a temática de The Artist sendo a própria Hollywood clássica e o fato do filme ser rodado em preto-e-branco (um charme que os votantes sempre consideram positivamente), e Michel Hazanavicius muito bem ser indicado a Melhor Diretor.
 
Stephen Daldry, por Extremely Loud and Incredibly Close - Daldry só dirigiu três filmes até agora, e foi indicado ao Oscar por todos eles. Não duvido nada que aconteça de novo.
 
Steven Spielberg, por Cavalo de Guerra - O filme vem sendo guardado para estrear no último fim de semana do ano, bem antes do anúncio dos indicados. Provavelmente a força dramática de Cavalo de Guerra fará Spielberg ir galopando para o banco dos indicados.
 
Terrence Malick, por A Árvore da Vida - No momento, Terrence Malick tem mais chance de ser indicado a Melhor Diretor do que seu filme ser lembrado entre os melhores do ano. A Árvore da Vida é onírico demais para os velhinhos que marcam as cédulas de votação, e Malick tem um estigma de Kubrick em cima dele. É uma ou outra. Muito difícil o filme e o diretor serem indicados. Então, mais provável uma indicação aqui (Diretor) do que lá (Filme).
 
Esses 9 nomes são aqueles que eu acredito terem mais chances que os demais. Drive até poderia dar uma chance a Nicolas Winding Refn, ainda mais depois de ter ganhado em Cannes (ou seria isso um problema?), mas Drive é ação, e a Academia não tem muito apreço por filmes desse naipe - se nem A Origem foi capaz de dar a Nolan uma indicação, Drive talvez leve Refn para o mesmo caminho (se bem que o fato do cara ser dinamarquês pode contar positivamente). Basta lembrar que o alemão Wolfgang Petersen conseguiu uma indicação por Das Boot, em 1983. Já David Fincher, por melhor que seja sua versão de Os Homens Que Não Amavam as Mulheres, enfrenta o mesmo problema que o afastava do Oscar antes: a temática violenta. Os olhos da Academia só bateram em Fincher quando ele optou por projetos mais leves - O Curioso Caso de Benjamin ButtonA Rede Social são seus filmes mais leves, de fato -, e a refilmagem do sucesse sueco parece que não se enquadra nessa descrição, dificultando, portanto, uma indicação. E Woody Allen, mesmo com Meia-Noite em Paris encantando os críticos old school como se não houvesse amanhã, convenhamos, o cara já teve indicações que chega - são 21 no total até agora. Os outros competidores (Cameron Crowe, por We Bought The Zoo;  David Yates, por Harry Potter 8; Lynne Ramsay, por We Need To Talk About Kevin; Martin Scorsese, por Hugo; Rodrigo Garcia, por Albert Nobbs; Roman Polanski, por Carnage; Steven Soderbergh, por Contágio; Tate Taylo, por Vidas Cruzadas; Tomas Alfredson, por O Espião Que Sabia Demais) correm por fora, com bem menos chances, no momento.
 
E o corte final:
 
  • Alexander Payne, por The Descendants;
  • Bennett Miller, por Moneyball;
  • Clint Eastwood, por J. Edgar;
  • Michel Hazanavicius, por The Artist;
  • Steven Spielberg, por Cavalo de Guerra;

Comentar

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.
CAPTCHA
Esse desafio é para nos certificar que você é um visitante humano e serve para evitar que envios sejam realizados por scripts automatizados de SPAM.
CAPTCHA de imagem
Digite o texto exibido na imagem.