Comentar

imagem de Ghuyer

Enviado por Ghuyer em seg, 10/15/2012 - 11:47

Também sou vítima dessas indagações, Viviane. Até onde consegui pensar sobre a história (pois esses problemas também ocorrem no livro), só posso concluir que se tratam de furos da narrativa.

(spoiler) Eu me pergunto, inclusive, como Arthur chegou a tal decisão de resgatar o corpo do menino, e o porquê de pensar que uma união tardia de mãe e filho resolveria a situação. Outra questão que me incomoda é o final, quando, no filme, Arthur e o filho morrem atropelados pelo trem. No livro a decepção é semlhante, visto que (spoiler do livro) morrem o filho e a esposa de Arthur em um incidente até longe de Crythin, onde a história se passa, e relativamente  tempos depois dos eventos narrados pelo protagonista, de modo que as mortes soam um tanto forçadas e fora de contexto (embora sejam muito bem descritas pela escritora).

Mas, apesar dos problemas, acho o filme muito bom, principalmente se analisado sob o viés da construção de tensão.

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.
CAPTCHA
Esse desafio é para nos certificar que você é um visitante humano e serve para evitar que envios sejam realizados por scripts automatizados de SPAM.
CAPTCHA de imagem
Digite o texto exibido na imagem.