Celeste e Jesse Para Sempre

imagem de Felipe
Enviado por Felipe em qui, 10/22/2015 - 16:38

 

Relacionamentos são sempre complicados. E pessoas mais ainda. “Celeste e Jesse Para Sempre” narra a história do casal título que se conhece desde o ensino médio, se casa, se separa e que resolvem continuar amigos. Saindo juntos, brincando o tempo todo e sempre dizendo “eu te amo”. Essa relação tão “despreocupada”, tão “cool” de término, parece funcionar bem, mas deixa os amigos do casal loucos.

             

Jesse (Andy Samberg) tem esperanças de voltar com sua melhor amiga e ex. Mas Celeste (Rashida Jones, também co-roteirista do filme junto de Will McCormack seu ex-namorado na vida real) parece estar mais bem resolvida com a ideia da separação, embora aqui e ali de indícios de que ainda está tentando se convencer das coisas, sempre tentando estar certa de tudo. Quando Jesse parece estar seguindo em frente é que ela começa a perceber o que realmente aconteceu.

“Celeste e Jesse Para Sempre” é um belo drama. É muitas vezes engraçado - graças ao ótimo elenco – e conta com piadas inteligentes (boa parte delas, garanto, vindas de Rashida e seu talento natural para comédia). O longa é sempre verdadeiro com seus personagens e com o público (apesar de certos exageros como a cena em que Celeste está numa festa se empanturrando). E mesmo seguindo a “Cartilha Indie de Cinema” com sua câmera na mão que sai do controle sem necessidade alguma, ou criando diversos “clipes” durante o filme com músicas bacanas onde os personagens ficam pensando na vida (e a fotografia acerta em cheio em alguns desses momentos, plasticamente falando, como quando Celeste observa as pessoas se divertindo numa festa ao anoitecer e uma criança brinca com faíscas), a direção de Lee Toland Krieger é correta e sincera em deixar os personagens tomarem conta da tela.

             

Rashida é o coração do filme, já que, tendo mais tempo em cena, possui a difícil tarefa de cativar, até quando Celeste claramente está fazendo algo errado ou deixando de fazer algo certo. E por ser uma atriz tão boa conseguimos perceber muito bem a confusão pela qual sua personagem está passando e compreender as motivações (mesmo que bobas, e na vida elas também o são) que a levam a acreditar que o divórcio é melhor para ambos.

O filme é econômico em mostrar como aquele casal é perfeito junto. A abertura é ao som de “Littlest Things” da Lily Allen com imagens fragmentadas de Celeste e Jesse como se fossem fotografias dos dois desde namorados, passando pelo casamento (e a vida de casados) até chegar ao presente quando as coisas já não são tão tranquilas. Quando o casal central está junto em cena não nos resta nenhuma dúvida de que são feitos um para o outro, graças à química entre Rashida e Andy. Na verdade, o maior problema do filme está ligado a esse que é o seu maior acerto: depois de vermos o quão bonita é a relação dos dois (mesmo separados) fica muito difícil aceitar qualquer outro parceiro que eles venham a ter. Por mais que Chris Messina se esforce com seu personagem não conseguimos imaginar o que de interessante ele teria para oferecer a Celeste. E o mesmo vale para Veronica (Rebecca Dayan). Apesar das situações diferentes, nada ali nos mostra um forte motivo para “comprarmos” esses novos relacionamentos.

           

Voltando à música de Lily Allen é importante ressaltar que a observando melhor, ela é a síntese do filme e da relação do casal título. Quando, logo de cara, vemos Jesse e Celeste cantando a canção no carro, a letra diz muito sobre o que está acontecendo, mesmo que para eles seja apenas um momento divertido. Para nós, fica claro que algo muito bom está ficando pra trás.

“Sonhos, sonhos

De quando apenas havíamos começado as coisas

Sonhos de você e eu

Me parece, me parece

Que eu não posso apagar essas memórias

Me pergunto se você tem os mesmos sonhos”

Poltronas 

4

Comentar

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.
CAPTCHA
Esse desafio é para nos certificar que você é um visitante humano e serve para evitar que envios sejam realizados por scripts automatizados de SPAM.
CAPTCHA de imagem
Digite o texto exibido na imagem.