Comentar

imagem de Ghuyer

Oscar 2001-2011

Enviado por Ghuyer em sex, 02/03/2012 - 00:10

O título do post merecia um texto completo e recheado de análises sobre a premiação mais influente do cinema? Talvez, mas vamos começar apenas com minha lista dos vencedores do Oscar de melhor filme da última década em ordem de preferência:

  1. Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei (2003)
  2. Uma Mente Brilhante (2001)
  3. Os Infiltrados (2007)
  4. Crash: No Limite (2006)
  5. Gladiador (2000)
  6. Onde os Fracos Não Têm Vez (2008)
  7. Chicago (2002)
  8. Menina de Ouro (2005)
  9. Guerra ao Terror (2010)
  10. Quem Quer Ser um Milionário (2009)

E eu ainda não vi O Discurso do Rei - por isso inclui Gladiador na lista.

Continuando com a brincadeira, vamos conversar brevemente sobre cada ano da premiação, e tentar chegar a uma conclusão no final - lembrando que as observações a seguir são essencialmente pessoais:

2001

Vencedor: Gladiador (12 indicações, e 5 vitórias). Demais indicados: Chocolate (5 indicações), Eric Brockovich: Uma Mulher de Talento (5 indicações, 1 vitória), O Tigre e o Dragão (10 indicações, 4 vitórias), Traffic: Ninguém Sai Limpo (5 indicações, 4 vitórias).

Meu preferido: Traffic. Não vi: Eric Brockovich. Não entendo como foi indicado: Chocolate. Mistério: Hans Zimmer (Gladiador) perdeu o Oscar de melhor tilha sonora para Tan Dun (O Tigre e o Dragão).

Curiosidade: tanto Erin Brockovich quanto Traffic foram dirigidos por Steven Soderbergh, que ganhou o Oscar de melhor diretor por esse último, competindo contra si mesmo pelo outro.

2002

Vencedor: Uma Mente Brilhante (8 indicações, 4 vitórias). Demais indicados: Assassinato em Gosford Park (7 indicações, 1 vitória), Entre Quatro Paredes (5 indicações), Moulin Rouge: Amor em Vermelho (8 indicações, 2 vitórias), Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel (13 indicações, 4 vitórias).

Meu preferido: Uma Mente Brilhante. Não vi: Entre Quatro Paredes e Moulin Rouge. Merecia indicação: Amnésia e Cidade dos Sonhos. Mistério: Falcão Negro em Perigo ganhou o Oscar de montagem em cima de Amnésia.

Curiosidade: apenas três dos cinco filmes indicados a melhor filme também foram indicados a melhor direção: Assassinato em Gosford Park, Uma Mente Brilhante, Senhor dos Anéis.

2003

Vencedor: Chicago (13 indicações, 6 vitórias). Demais indicados: Gangues de Nova York (10 indicações), As Horas (9 indicações, 1 vitória), O Pianista (7 indicações, 3 vitórias), Senhor dos Anéis: As Duas Torres (6 indicações, 2 vitórias).

Meu preferido: O Pianista. Não vi: As Horas. Não entendo como foi indicado: Gangs de Nova York. Mistério: Chicago ganhou melhor filme no lugar de O Pianista.

Curiosidade: a Miramax promove uma nojenta campanha difamatória contra Roman Polanski e escancara de uma vez por todas que é capaz de qualquer coisa para ter seus filmes vitoriosos no Oscar.Foi assim que O Pianista ganhou melhor diretor, roteiro, ator, mas perdeu melhor filme.

2004

Vencedor: Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei (11 indicações, venceu todas). Demais indicados: Encontros e Desencontros (4 indicações, 1 vitória), Mestre dos Mares: O Lado Mais Distante do Mundo (10 indicações, 2 vitórias), Seabiscuit: Alma de Herói (7 indicações), Sobre Meninos e Lobos (6 indicações, 2 vitórias).

Meu preferido: O Retorno do Rei. Não vi: Encontros e Desencontros e Seabiscuit. Merecia indicação: Cidade de Deus, Spirit: O Corcel Indomável e O Último Samurai. Mistério: O Retorno do Rei não foi indicado a melhor mixagem de som, nem fotografia. Piratas do Caribe e Spirit não foram indicados a melhor trilha sonora - e esse último nem a melhor canção.

Curiosidade: o brasileiro Cidade de Deus é indicado a 4 categorias, incluindo melhor direção, e O Retorno do Rei se torna o terceiro filme na história do Oscar a conquistar 11 estatuetas, recorde compartilhado por Ben-Hur (1959) e Titanic (1997), e o primeiro desses a sair invicto da premiação, vencendo em todas as categorias em que fora indicado.

2005

Vencedor: Menina de Ouro (7 indicações, 4 vitórias). Demais indicados: O Aviador (11 indicações, 5 vitórias), Em Busca da Terra do Nunca (7 indicações, 1 vitória), Ray (6 indicações, 2 vitórias), Sideways: Entre Umas e Outras (5 indicações, 1 vitória).

Meu preferido: Em Busca da Terra do Nunca. Não vi: O Aviador e Ray. Mistério: Marc Forster não indicado a melhor diretor por Em Busca da Terra do Nunca. Os Incríveis não foi indicado a melhor trilha sonora.

Curiosidade: Jamie Foxx, que venceu o Oscar de melhor ator por Ray, também foi indicado como melhor coadjuvante por Colateral (onde na verdade também era o protagonista). Obs descartável: foi o primeiro ano do Oscar que eu acompanhei de perto, tentando prever os vencedores.

2006

Vencedor: Crash: No Limite (6 indicações, 3 vitórias). Demais indicados: Boa Noite e Boa Sorte (6 indicações), Capote (5 indicações, 1 vitória), Munique (5 indicações), O Segredo de Brokeback Mountain (8 indicações, 3 vitórias).

Meu preferido: Munique. Não vi: Boa Noite e Boa Sorte e Brokeback Mountain. Não entendo como foi indicado: Capote. Merecia indicação: O Jardineiro Fiel, Match Point: Ponto Final, Orgulho e Preconceito, Syriana: A Indústria do PetróleoZodíaco. Mistério: John Williams não ganhou o Oscar de melhor trilha sonora por Memórias de uma Gueixa, seu melhor trabalho em muitos anos, e Batman Begins não foi indicado nessa categoria.

Curiosidade: Crash venceu melhor filme e fez cair o queixo de todo mundo! E foi um dos anos com maior divisão de estatuetas. Crash, Brokeback Mountain e Memórias de uma Gueixa foram o grandes vencedores da noite, cada um com apenas 3 vitórias.

2007

Vencedor: Os Infiltrados (5 indicações, 4 vitórias). Demais indicados: Babel (7 indicações, 1 vitória), Cartas de Iwo Jima (4 indicações, 1 vitória), A Pequena Miss Sunshine (4 indicações, 2 vitórias), A Rainha (6 indicações, 1 vitória).

Meu preferido: Os Infiltrados. Não vi: A Pequena Miss Sunshine. Merecia indicação: Diamante de Sangue, O Grande Truque, O Labirinto do Fauno e Vôo United 93. Mistério: O Labirinto do Fauno não ganhou melhor filme em língua não-inglesa. Babel ganhou trilha sonora como prêmio de consolação sendo que todos os outros concorrentes eram melhores.

Curiosidade: Martin Scorsese finalmente ganha seu primeiro Oscar depois de duas décadas de indicações e nenhuma vitória.

2008

Vencedor: Onde os Fracos Não Têm Vez (8 indicações, 4 vitórias). Demais indicados: Conduta de Risco (7 indicações, 1 vitória), Desejo e Reparação (7 indicações, 1 vitória), Juno (4 indicações, 1 vitória), Sangue Negro (8 indicações, 2 vitórias).

Meu preferido: Desejo e Reparação. Não entendo como foi indicado: Juno. Merecia indicação: O Escafandro e a Borboleta, Ratatouille, Senhores do Crime, O Ultimato Bourne. Mistério: Joe Wright não foi indicado a melhor diretor por Desejo e Reparação.

Curiosidade: O Oscar decide premiar um filme que não tem cara de Oscar. Onde os Fracos Não Têm Vez era o favorito disparado, mas mesmo assim sua vitória foi de certa forma surpreendente. E os Irmãos Coen fizeram História ao marcarem a segunda vitória de uma dupla na categoria de direção - a primeira foi em 1962, com Robert Wise e Jerome Wise dividindo o prêmio por Amor, Sublime Amor.

2009

Vencedor: Quem Quer Ser um Milionário (10 indicações, 8 vitórias). Demais indicados: O Curioso Caso de Benjamin Button (13 indicações, 3 vitórias), Frost/Nixon (5 indicações),O Leitor (5 indicações, 1 vitória), Milk: A Voz da Igualdade (8 indicações, 2 vitórias).

Meu favorito: Milk. Não entendo como foi indicado: O Leitor e Quem Quer Ser um Milionário. Merecia indicação: Batman: O Cavaleiro das Trevas, Dúvida, O Lutador, Na Mira do Chefe, Wall-E. Mistério: Stephen Daldry consegue sua terceira indicação ao Oscar tendo dirigido exatamente três filmes. Quem Quer Ser um Milionário ganha 8 estatuetas.

Curiosidade: a omissão de O Cavaleiro das Trevas entre os indicados a melhor filme causou tanta revolta que a Academia se viu na obrigação de alterar as regras para essa categoria no ano seguinte, aumentando o número de indicados para 10.

2010

Vencedor: Guerra ao Terror (9 indicações, 6 vitórias). Demais indicados: Amor Sem Escalas (6 indicações), Avatar (9 indicações, 3 vitórias), Bastardos Inglórios (8 indicações, 1 vitória), Distrito 9 (4 indicações), Educação (3 indicações), Um Homem Sério (2 indicações), Preciosa (6 indicações, 2 vitórias), Um Sonho Possível (2 indicações, 1 vitória), Up: Altas Aventuras (5 indicações, 2 vitórias).

Meu favorito: Avatar. Não vi: Um Homem Sério, Preciosa, Um Sonho Possível. Não entendo como foi indicado: Bastardos Inglórios, Educação, Up: Altas Aventuras. Merecia indicação: Coraline e o Mundo Secreto, A Fita Branca, Harry Potter e o Enigma do Príncipe, Inimigos Públicos, Intrigas de Estado, Operação Valquíria. Mistério: Sandra Bullock ganha melhor atriz.

Curiosidade: a Academia não indicava 10 títulos ao prêmio de melhor filme desde que Casablanca ganhou, em 1943. Guerra ao Terror havia sido lançado diretamente em DVD no Brasil. Com as indicações ao Oscar, chegaram cópias tardias do filme para serem exibidas nos cinemas do país, em uma comprovação absoluta da completa falta de profissionalismo das distribuidoras brasileiras. Avatar marcou a volta de James Cameron à direção de um longa-metragem depois de 12 anos – Cameron não tinha dirigido nenhum filme desde de Titanic.

2011

Vencedor: O Discurso do Rei (12 indicações, 4 vitórias). Demais indicados: 127 Horas (6 indicações), Bravura Indômita (10 indicações), Cisne Negro (5 indicações, 1 vitória), Inverno da Alma (4 indicações), Minhas Mães e Meu Pai (4 indicações), A Origem (8 indicações, 4 vitórias), A Rede Social (8 indicações, 3 vitórias), Toy Story 3 (5 indicações, 2 vitórias), O Vencedor (7 indicações, 2 vitórias).

Meu favorito: A Origem. Não vi: 127 Horas, O Discurso do Rei, Minhas Mães e Meu Pai. Não entendo como foi indicado: Bravura Indômita, Inverno da Alma. Merecia indicação: Como Treinar Seu Dragão, O Escritor FantasmaIlha do Medo, Incontrolável. Mistério: O Discurso do Rei passa por cima de A Rede Social. A Origem não é indicado em melhor direção nem montagem. O Escritor Fantasma, Ilha do MedoScott Pilgrim Contra o Mundo e Zona Verde são totalmente ignorados. Onde Vivem os Monstros não é indicado a trilha sonora nem canção.

Curiosidade: O Discurso do Rei vence melhor filme sobre A Rede Social em uma das reviravoltas mais inesperadas e injustas da História do Oscar. E a não-indicação a Christopher Nolan como melhor diretor por A Origem deixa evidente o revoltante desgosto da Academia para com esse gênio.

O que podemos notar de interessante nas últimas edições do Oscar é que desde a vitória de Os Infiltrados, em 2007, em todos os anos seguintes o melhor filme também venceu melhor direção e melhor roteiro, indo contra o que vinha acontecendo no início da década. Com a exceção marcante de O Retorno do Rei, que é uma exceção em todos os aspectos possíveis, os prêmios de melhor filme e melhor direção se dividiam com certa facilidade (Gladiador x Traffic; Chicago x O Pianista; Crash x Brokeback Mountain), e possibilidade de sair um levando o trio filme-direção-roteiro era relativamente remota. Até 2007, quando certa harmonia pareceu penetrar nos votantes da Academia. O favoritismo exacerbado para cima de um filme só tomou conta da situação. A corrida do Oscar se tornava previsível demais. No entanto, em 2011 chegou O Discurso do Rei e bagunçou tudo. Nunca na História um favorito tão absoluto quanto A Rede Social foi desbancado de última hora por outro filme. A Rede Social tinha ganhado absolutamente todos os prêmios da crítica e, do nada, O Discurso do Rei venceu o PGA, depois do DGA, e por fim o WGA, confinando a vitória de A Rede Social ao passado de um futuro que nunca iria chegar. Foi uma reviravolta absurda. E isso quebrou toda a estabilidade da corrida do Oscar (que consiste em todas as premiações de cinema pré-Oscar, que servem de termômetro para os favoritos ao prêmio da Academia se destacarem).

Por essa razão ou não, a Academia mudou novamente as regras para a categoria de melhor filme, abrindo a possibilidade para um número entre 5 e 10 indicados. Por um lado foi interessante. Até poucos dias, não havia um favorito para o Oscar 2012. Agora tem: O Artista – e ainda assim, não há consenso. Em todo caso, a edição deste ano dificilmente irá construir um novo padrão de vencedores. É um ano de transição. Precisamos ainda esperar pelo Oscar 2013 para se ter uma ideia mais clara se a corrida ficará mais disputada ou não. Por enquanto, basta esperar e especular.

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.
CAPTCHA
Esse desafio é para nos certificar que você é um visitante humano e serve para evitar que envios sejam realizados por scripts automatizados de SPAM.
CAPTCHA de imagem
Digite o texto exibido na imagem.